Descuidar? Nem pensar!

Toda a imagem provoca um estímulo emotivo e antes que possa ser entendida conscientemente, tem o poder de influenciar o comportamento e o pensamento das pessoas. A imagem pessoal resulta do conjunto formado pela aparência física, pela linguagem verbal e não verbal e pela maneira de vestir. A imagem é o que nos distingue dos outros e, por isso, devemos melhorar todos os aspetos que possam contribuir para a sua melhoria. A maneira como uma pessoa se veste contribui de modo decisivo para melhorar ou degradar a sua imagem. As empresas de seleção de pessoal, ao serem confrontadas com dois pessoas com o mesmo nível de experiência e de habilitações académicas, qual será o candidato que irão escolher? Toda a gente beneficia se tiver uma boa imagem social e profissional. Boas maneiras, linguagem correta e o fato certo para a ocasião são meio caminho certo para causar boa impressão. Alguns aspetos da nossa imagem física não podem ser alterados (altura, estrutura óssea, por exemplo). Mas outros podem ser radicalmente mudados (peso e configuração do corpo e do rosto) através de exercícios físicos, dietas e cirurgia estética. Mas, na maioria dos casos, para melhorar a imagem basta saber usar roupas diferentes, alterar o modo de falar e de estar em público, e cuidar do aspeto exterior, melhorando assim a chamada comunicação não verbal.

Requisitos para uma boa imagem: 

  • Ser pontual
  • Ser bem-educado e positivo
  • Ter consideração pelos outros
  • Vestir-se apropriadamente
  • Falar e escrever bem

A imagem pessoal afeta-nos e influencia-nos sem que tenhamos consciência dos seus efeitos e consequências. Mesmo assim, somos muito sensíveis a críticas. Todos sabemos que a imagem pessoal é a expressão de quem somos e que a auto estima está ligada a ela. Descuidar? Nem pensar. Se eu não gostar de mim, quem gostará?

  


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *